Sexta-feira, 22 de Dezembro de 2006
Som de Água

Não quero mais que um som de água
Ao pé de um adormecer.
trago sonho, trago mágoa,
Trago com que não querer.

Como nada amei nem fiz
Quero descansar de nada.
Amanhã serei feliz
Se para amanhã há estrada.

Por enquanto, na estalagem
De não ter cura de mim,
Gozarei só pela aragem
As flores do outro jardim.

Por enquanto, por enquanto
por enquanto não sei quê...
Pobre alma, choras sem pranto,
E ouves como quem vê.

[Fernando Pessoa, mesmo]

publicado por yuki às 11:50
link do post | conversar | favorito
|
2 comentários:
De polosul a 26 de Dezembro de 2006 às 21:56
Têm sido uns tempos de espera?
De yuki a 27 de Dezembro de 2006 às 15:18
Sim... há muito.

Não desespero, apenas espero.

Comentar post

.moi même
.procurar
 
.Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
.Ultimas

. Mudanças de Blog

. Missing

. Livraria Bertrand

. Uma Questão de Sementes

. Amiga

. Som de Água

. Ser feliz

. Mais antítese

. Antítese de muitos

. Uma questão de correspond...

.baú

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.temas

. todas as tags

blogs SAPO
.subscrever feeds